A arte perdida (?) do Flip Book

 

As Redes Sociais são sem dúvida um veículo de auto-promoção e divulgação, principalmente para os comuns mortais que não dispõem de milhões para publicitar os seus feitos e produtos.

Desta feita encontrei, ou melhor, deram-me a conhecer , o canal Youtube do utilizador Etoilec1.

Os Flip Books tiveram um papel crucial na historia cinema. Não considero o Flip Book, uma técnica de animação obsoleta (se bem que em parte é…),mas sendo uma forma de entretenimento e exposição artística, não deixa de cumprir o seu papel…literalmente!

Mas o que mais surpreendeu neste canal foi a dedicação e empenho de Etoilec1. O detalhe do desenho e da animação revela muitas horas  investidas. Há muito trabalho e muito tempo envolvido para um simples passatempo. Vale a pena ver o Flip Book em que aparece o Cristiano Ronaldo. Os movimentos do jogador estão recriados fidedignamente.

No geral a qualidade do desenho é muito boa, se bem com um estilo muito anime (só está a faltar o Cristiano fazer um Kame hame),  no entanto tinha curiosidade em ver uma animação completa com personagens da autoria de Etoilec1. Fica lançado o desafio!

A lição a retirar daqui é que, independentemente do meio de expressão escolhido, um bom trabalho é sempre reconhecido.  E a dedicação a uma arte, seja ela qual for, demonstra o potencial profissional. Por exemplo, supondo que alguém queira contratar Etoilec1, mesmo sem mais informações, consigue  deduzir que seja uma pessoa persistente e comprometida com os seus projetos. Existem umas quantas pessoas capazes disto naturalmente, mas a maioria delas desistiriam ainda antes de concluir o seu 1º Flip Book.

Também podem seguir e ver muito mais no Facebook!

Advertisements

RSAnimate: Changing education paradigms

 

É inevitável o material de qualidade (e também o contrário) com que nos deparamos dia a dia na internet! Desta feita, dei de caras com o seguinte video, que é um grande trabalho de comunicação multimédia por parte da RSA (Royal Society for the encouragement of Arts, Manufactures and Commerce), tanto na sua forma como no conteúdo.

Our vision is to be a powerful and innovative force.  Bringing together different disciplines and perspectives, we bring new ideas and urgent and provocative debates to a mass audience. We  work with partners to generate real progress in our chosen project areas, and through our 27,000 Fellows we want be seen as a source of capacity, commitment and insight in communities from the global to the local.

A forma como a ideia é transmitida é quase hipnótica, desde ao timbre aveludado da voz do narrador e a sua cadência rítmica, até às magníficas ilustrações que acompanham a verbalização da ideia. Estas ilustrações estão a cargo da mente artística e criativa de Andrew Park, fundador e diretor da CognitiveMedia.

After listening in to hundreds of inspiring RSA lectures, our events team carefully select a truly world-changing talk.  They then edit the podcast of that lecture down to a punchy ten minute audio segment, and send it off to Andrew Park to work his magic on the accompanying animated illustration.

Quanto ao conteúdo, de facto é uma visão clara sobre como as circunstâncias económicas e consequentemente o comportamento social forçam a mudança dos paradigmas educacionais. Atenção, que utilizei a palavra mudança e não evolução. Evolução pressupõe uma mudança para melhor, o que não é o caso. No video refere-se a preocupação desmesurada em fabricar ao invés de educar. A maior preocupação de impingir informação do que promover a espontaneidade. Estes fatores estão bem explicados na animação, reforçados com excelentes alegorias de Andrew Park. Vale mesmo a pena ver!